Thomas Geffroyd – Watch Dogs

Matéria originalmente publicada na PlayTV em 13/05/14

http://www.playtv.com.br/games/artigo/entrevista/entrevistathomas-geffroyd

Thomas Geffroyd possui mais de 10 anos de experiência no mercado de entretenimento digital. Metade desse período equivale ao tempo que Watch_Dogs está em desenvolvimento. Na quinta (08), conversamos com o produtor sobre a imersão que essa Chicago virtual oferece nesse que é uma das maiores promessas da Ubisoft do ano, e como o jogo é diferente de GTA V.

Um novo e impressionante vídeo

Antes de nossa conversa, Geffroyd mostrou um vídeo inédito com mais de cinco minutos de de gameplay. Essa sequência exibe o protagonista Aiden Pearce passeando por Chicago enquanto ele hackeia os pedestres. Ao bisbilhotar as informações dos transeuntes, ele descobre que uma mulher estava trocando mensagens, tentando convencer um meliante a não cometer um crime. Dessa forma, quase que imediatamente, uma side quest tem início. Essa é apenas uma forma de acionar missões paralelas.

Pearce hackeia um carro e segue em direção ao seu destino, que é exibido em seu smartphone. Nesse momento, o produtor comentou sobre a bateria do celular e como ela tem duração para fazer um número limitado de hacks. Conforme a progressão na história, a vida útil do smartphone pode ser aumentada. Quando a bateria acaba – o que pode acontecer -, deve-se esperar um tempo até o aparelho estar disponível novamente.

A missão paralela tem fim quando o protagonista se posiciona em um cruzamento, esperando pelo carro do delinquente passar. Quando o veículo se aproxima, Pearce usa o celular para interagir com o semáforo e causar um pequeno congestionamento. Se aproveitando da situação, o personagem principal lança duas bombas e neutraliza permanentemente o bandido. Ao fazer isso, Aiden se torna o foco da atenção acionando as autoridades, que entram em perseguição atrás do hacker. Ele usa o modo “Focus”, tornando tudo ao seu redor mais lento para despistar os policiais. O vídeo chega ao fim logo após Aiden usar sua habilidade mais devastadora de hacker, o Blackout que apaga as luzes da cidade inteira por um curto período.

dogs-2

Um hacker com uma escolha moral

Quando a entrevista teve início, minha primeira pergunta foi sobre o motivo do jogo ter sido adiado por quase sete meses. Thomas respondeu a esse questionamento, falando que Watch_Dogs está sendo produzido há cinco anos, e esse período de atraso foi destinado a melhorar os sistemas no jogo (eg. tráfego, comportamento dos pedestres, inimigos, modo de hackeiar, etc) além de permitir aos desenvolvedores dar um polimento adicional ao título.

Sobre as pessoas que você encontra em sua história, o produtor explica. Cada NPC da cidade tem um perfil único, cada indivíduo tem uma história diferente. Passamos mais de dois anos criando esse banco de dados, para garantir que cada NPC que você encontra não seja igual ao outro, e que todos tenham uma história própria.

Durante o jogo, se você precisar de dinheiro e estiver mapeando as pessoas na rua para encontrar um alvo que tenha fundos “disponíveis”, você se deparará com uma escolha. Poderá hackear um executivo de uma empresa que possui más intenções ou optar por roubar o dinheiro de uma mãe com dois empregos com um monte de contas para pagar. Independente de sua escolha, você não será punido, exceto por sua própria consciência.

dogs-3

Entretanto, a cidade irá responder ao seu comportamento negativo (ou positivo). Caso mate as pessoas sem discrição alguma, quando você for reconhecido, as pessoas irão ligar para a polícia imediatamente. Os noticiários de Chicago também irão reportar suas atitudes, dado que há vans da imprensa espalhadas pela cidade. E ao contrário da comunidade, que pode ajudar caso Aiden banque o bom samaritano, a mídia não irá pegar leve com ele.

Aiden Pearce, um terrorista cibernético

Um terrorista é sempre um herói ao olhos de alguém, por pior que isso pareça. Essa foi a resposta do produtor quando foi questionado sobre o fato que o protagonista de Watch_Dogs pode ser rotulado como um terrorista. Essa interpretação serve para mostrar o dilema ético presente no jogo, e como que o roteiro esse título está repleta de tons de cinza, não havendo uma realidade dicotômica, o óbvio preto no branco.

No fim das contas, Watch_Dogs é sobre a exposição do mundo dos dados. Tentamos expor o que está acontecendo através de nossos telefones, nas ruas. Todo hack que você utiliza  no jogo é um hack de verdade. Não há nenhuma ficção científica no que nós estamos fazendo.

O produtor continua, explicando sobre a importância da liberdade de escolha para o jogador. Algo que nós nos focamos muito enquanto estávamos desenvolvendo o jogo é sobre a expressão do jogador. Nós queriamos que o jogador conseguisse controlar o Aiden e jogar da forma que ele quisesse. Diria que cerca de 90% das missões do jogo você pode escolher como irá jogar, se você será violento ou stealth, utilizará hacking para se tornar invisível no seu objetivo, para deixar o jogador sentir o jogo do que jeito que ele quiser.

A melhor Inteligência Artificial é um humano. Assim que você conseguir criar uma campanha de um jogo com humanos interagindo como NPC’s, você terá a melhor AI do universo. Logo em seguida, o produtor explica o funcionamento de um dos modos de jogo, em que você deve seguir e hackear uma pessoa, que pode vir a ser um jogador real. Confira na primeira parte do vídeo abaixo.

Semelhanças e diferenças entre Watch_Dogs e GTA V

O primeiro vídeo de gameplay de Watch Dogs foi revelado há dois anos durante a E3 de 2012. Com essa sequência, ficou claro a semelhança do jogo com GTA IV (o quinto capítulo da franquia só viria a ser lançado no ano seguinte), principalmente pela dimensão da cidade e das missões espalhadas por ela.

Quando o produtor foi questionado sobre o tamanho da cidade de Chicago, ele respondeu dizendo que a equipe nunca focou no tamanho do mapa, pois não fazia parte da proposta do projeto. Ao invés disso, o objetivo estava na densidade, em coisas para interagir pela região metropolitana. A campanha principal de Watch Dogs tem entre 30 e 40 horas, mas caso queira completar todas as missões adicionais, reserve mais de 100 horas na sua agenda.

Ao se comparar os dois jogos, algumas semelhanças são inegáveis: gênero de sandbox; o mini mapa no canto inferior direito da tela; a música que começa a tocar quando você entra no carro, inclusive até é permitindo mudar de estação; o “poder especial” de acionar o bullet time são apenas algumas das similaridades. Inclusive, antes de Watch Dogs ser adiado, a própria Ubisoft brincou com essa semelhança, como pode ser visto na imagem abaixo, publicada na página oficial da empresa no Facebook.

dogs-4

A pergunta feita em seguida foi exatamente sobre a semelhança entre o título que o produtor trabalhou e o jogo da Rockstar Games, e qual a principal diferença entre ambos. A resposta rápida de Geffroyd foi que o jogo da Ubisoft utiliza a cidade. Após um elogio ao título da Rockstar, ele continua e explora o que o jogo protagonizado pelo hacker Aiden Pearce oferece.

O que nós tentamos fazer com Watch Dogs, e a experiência que criamos do jogo é para que as pessoas descubram algo que elas não sabem. Então, para mim é muito diferente. GTA V é sobre me fazer sentir bem nesse universo, e “destruir” essa cidade. Enquanto que nossa abordagem é revelar algo para o jogador, você vai descobrir o que a informação é, e o que você pode fazer com ela.

Para descobrir se Watch_Dogs se confirma como uma das promessas ao jogo do ano, você terá que esperar até 27 de maio, quando ele for lançado para PlayStation 3, PlayStation 4, Xbox 360, Xbox One e PC. A versão de Wii U chega no segundo semestre. Enquanto o game não chega, responda nossa enquete ao lado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s