Saiba porque o indie Never Alone merece sua atenção

Matéria originalmente publicada no Save Game em 25/11/14

http://www.savegame.com.br/never-alone-jogo-indie-entrevista/


 

Never Alone foi lançado em 18 de novembro, mesmo dia em que outros títulos de peso para a indústria também ficaram disponíveis, como a edição remasterizada de GTA V, Dragon Age: Inquisition, Far Cry 4LittleBigPlanet 3.

Entrevistei Alan Gershenfeld, fundador e atual presidente da E-Line Media, e Amy Freeden, representante da The Cook Inlet Tribal Council, o conselho tribal dos iñupiat (nome dado à comunidade nativa do Alaska) para falar sobre o que torna esse game tão especial. O enredo de Never Alone detalha a jornada da garota esquimó Nuna que acaba fazendo uma amizade com uma raposa do ártico.

1jpg

Sean Vesce (diretor criativo da E-Line Media) fez a seguinte declaração sobre esse jogo independente em uma entrevista publicada no Joystiq em março desse ano: Ser capaz de sair de nossos cubos, que são tipicamente um bando de caras brancos falando sobre um mundo de fantasia, ser capaz de entrar em uma comunidade, aprender mais sobre a cultura e, em seguida, tentar infundir seus valores e mitologias em um jogo que fosse divertido e interessante, bem como significativo, era algo que parecia um desafio incrível para nós.

Comecei nossa conversa questionando Alan sobre a declaração de seu colega de trabalho. Sean passou muito tempo trabalhando em várias empresas, e é raro que uma equipe deixe o escritório para explorar o contexto e o ambiente do jogo. E quanto mais tempo eles passaram no Alaska, conversando com os contadores de histórias, o design do jogo mudou, fornecendo um olhar mais preciso e realista sobre essa comunidade.

Amy complementou e explicou um pouco sobre a atuação do conselho tribal na vida dos nativos que moram em um dos lugares mais inóspitos do planeta. Esse jogo faz parte da missão de refletir os valores e história dessa comunidade, mas que ao tempo ganhasse dinheiro, para ter retorno financeiro positivo sobre o investimento. Nosso trabalho consiste em firmar parcerias para melhorar a qualidade de vida, educação e finanças dos alakas nativos. O conselho tribal percebeu que a inserção em um videogame seria a melhor forma para se conectar com a nova geração dos membros da comunidade e ao mesmo tempo com o mundo também.

De acordo com os entrevistados, o processo de desenvolvimento do projeto durou dois anos e meio e reuniu mais de quarenta contadores de histórias da comunidade que estiveram envolvidos na produção do jogo. Dentre esse tempo, foram gastos três meses somente para estudar como a cultura iñupiat era representada em outras mídias, como no cinema – com o filme Whale Rider (Encantadora de Baleias, 2002). Além disso, outro ponto importante foi que a equipe viu o potencial narrativo em jogos independentes como Braid,Journey e Limbo.

3

Os desenvolvedores viajaram até o Alaska dúzias de vezes e levaram uma equipe que coletou mais de quarenta horas de material bruto tanto sobre os costumes dos iñupiats como com entrevistas com membros da comunidade. O resultado dessa gravação está em Never Alone, na forma dos vinte e quatro mini-documentários que você libera conforme seu progresso pelo jogo. Confira abaixo um destes vídeos:

Quando questionado sobre a história do jogo e a importância dessa lenda para o povo esquimó, os entrevistados responderam. O roteiro não é um compilado de fábulas, mas uma história geral que engloba arquétipos dessa cultura única. O enredo inicial é baseado em um conto tradicional, de uma nevasca interminável. Enquanto esse argumento principal se desenrola, outras crônicas passam a fazer parte da experiência.

Legendado inteiramente em português, Never Alone já disponível para PlayStation 4, Xbox One e PC e pode ser jogado sozinho, mas é extremamente aconselhável para ser experimentado a dois (infelizmente, a inteligência artificial deixa a desejar).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s