Game of Thrones – Iron From Ice (ep. 01)

Análise originalmente publicada no Save Game em 22/12/14

http://www.savegame.com.br/game-of-thrones-ep-01-iron-from-ice/



Disclaimer: não acompanho os livros da série “As Crônicas de Gelo e Fogo”, mas estou em dia com a série da HBO.

Após a excelente estreia nos games da obra Fables, criada por Bill Willingham com The Wolf Among Us, e da muito competente adaptação para os games da HQ de The Walking Dead (que terminou sua segunda temporada no final de agosto), a Telltale Games deu início a um novo jogo dividido em episódios com Game of Thrones, inspirado na série atualmente exibida na HBO.

Os eventos do jogo se passam entre a terceira temporada e antes do início da quinta leva de episódios, que tem retorno marcado para 2015 e que você pode ver um teaser aqui. O game gira em torno dos personagens da casa Forrester, aliados de longa data dos Starks, que residem na cidade de Ironrath. A moradia dessa família está centrada em uma floresta de Ironwood, uma madeira extremamente resistente com proporções místicas que é seu principal recurso natural.

De acordo com a Telltale, será possível controlar cinco membros da família Forrester ao longo dos seis episódios e logo no primeiro você assume as ações de três deles: Mira, Ethan e Gared. Cada um desses personagens representa um núcleo que está interligado na história: Mira é uma das servas de Margaery Tyrell em King’s Landing (que é um nome mais legal do que Porto Real), Ethan está em Ironrath e tem assuntos importantes para resolver enquanto que o terceiro fio narrativo envolve Gared, o fiel escudeiro do líder da família Forrester que acaba vagando de um lado para outro no decorrer dos eventos.

house-forrester-tree

Conforme a história desenrola você é apresentado a todos os personagens de uma forma bem didática, diga-se de passagem. Para facilitar, segue acima a árvore genealógica dos Forrester.

Entre os personagens da série que marcam presença no episódio de estreia desse jogo estão Tyrion e Cersei Lannister, Margaery Tyrell, Ramsay Snow, entre outros. Após ver esses rostos familiares incluindo as vozes originais dos intérpretes, fiquei intrigado para saber quais serão as próximas participações especiais. Para meu deleite, o teaser exibido ao final revela quem irá aparecer no próximo capítulo.

A interação com Tyrion e sua irmã serviu ao propósito de inserir personagens da série no jogo, mas de uma forma que faça sentido e não seja simplesmente para satisfazer um serviço aos fãs.

Caso assista à Game of Thrones, fique feliz em saber que esse jogo conseguiu capturar muito bem o clima da série. Ou seja, muita gente morre. Sério. Aviso desde já para dar início ao desapego. Quem sabe você consiga terminar o episódio (com cerca de duas horas de duração) sem ficar muito #xatiado como eu fiquei. A última vez que me senti assim, com aquele sentimento amargo no peito, foi após ler o número 100 de The Walking Dead, mas confesso que esse último é uma covardia que só.

Para se ter uma ideia do quão brutal é essa experiência, o jogo tem início momentos antes do clímax do nono episódio da terceira temporada, o icônico The Rains of Castamere. Sentiu o drama?

Iron From Ice - ironrathA parte mais interessante sobre Iron From Ice é a evolução da história, apresentando (mais de quinze) personagens e acima disso fazendo com que você se importe com eles. Quando foi revelado que esse título iria oferecer um total de cinco pessoas jogáveis, isso atiçou minha curiosidade principalmente por permitir que as escolhas de uma personagem (por exemplo, Mira em King’s Landing) influenciem diretamente o desenrolar da história em Ironrath.

Sobre o nome desse capítulo, Iron From Ice é o lema da casa Forrester e significa que as condições adversas do clima nórdico tornam a família mais forte.

Para quem pretende se aventurar por essa jornada, fica aqui meu conselho. Deixe claro quem são seus aliados, escolha suas palavras com muito cuidado e aprenda as regras do jogo o mais rápido possível. Sua família inteira depende disso.

Já no primeiro capítulo você é encarregado de tomar decisões que podem alterar completamente o rumo da história, se a Telltale entregar o que prometeu. Sem dar spoilers, suas opções são definir a pessoa mais indicada para assumir um importante cargo, decidir o momento apropriado para contar ou não um segredo inclusive escolhendo o melhor momento para revelar essa informação sigilosa (lembre-se, até as paredes tem ouvidos em Westeros), repreender um camponês com uma punição drástica ou uma mais branda, enviar um mensageiro para uma missão especial em uma terra distante, entre outras.

Iron From Ice - tyrion

A interação com Tyrion e sua irmã serviu ao propósito de inserir personagens da série no jogo, mas de uma forma que faça sentido

Inclusive, decidir qual é o melhor rumo a ser tomado em tão pouco tempo (confesso que odeio o timer, aquela barra decrescente bandida) e com poucas informações disponíveis só amplia o peso da decisão. É notável como a Telltale consegue tornar o simples ato de apertar um botão para escolher sua resposta em uma tarefa tão complexa.

Minhas ressalvas sobre esse jogo são duas, uma sobre a parte visual e outra sobre o gameplay. Ao se comparar as imagens do título analisado aqui com The Wolf Among Us ou ainda com o primeiro capítulo de Tales from the Borderlands, os gráficos deixam um pouco a desejar. Borderlands da Telltale é muito bonito, não só por sua paleta de cores ser mais viva, mas os ambientes são mais ricos em detalhes.

O outro ponto negativo está na ausência de inovação da jogabilidade, não havendo nada realmente novo que seja possível de ser feito. QTEs (Quick-Time Events) e coletar itens adicionando-os em seu inventário são alguns dos exemplos de ações batidas. Essa última crítica não é tão séria, mas ganha peso se compararmos esse game com os outros jogos que a empresa entregou.

Sobre o desenrolar dos próximos eventos, resta aguardar os episódios futuros para descobrirmos as diferenças na história causadas pelas escolhas de cada um. Apenas rogo aos Sete que não deixem se passar quase quatro meses até o próximo episódio de Game of Thrones, como aconteceu com The Wolf Among Us.

Não sei se minha ansiedade aguenta tanto tempo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s